Páginas

Amigos, Vizinhos e Colegas

Visitantes do Blog

Locations of Site Visitors

Som Na Caixa, Puxe o Tapete e Comece a Dançar, Ou Só Escute

Translate

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Planeta dos Macacos - A Série Antiga, Eu Assisti Pelo Buraco das Fechaduras das Casas

Visite Meu Novo Canal no Youtube, O Anterior Foi Excluído, Por Questões de Direitos Autorais, e Havia Possibilidade de Assistir Alguns Episódios, Agora Já Era, Pois Nem Todos Foram Liberado Lá, Mas Aqui Enquanto Não Excluírem, Você Pode Baixar A Vontade!

Fiquei Sem o Canal, Que  Por Motivos de Direitos Autorais, Mandaram Minha Conta Antiga do Youtube Para o Beleleu, Bom Quem Quiser, Seguir Novamente Esse é Meu Novo Canal, Infelizmente, Não Vou Mais Postar os Vídeos, Farei Desse Canal Uma Espécie de Janela de Divulgação, Criando Meus Próprios Vídeos Como um Especie de Reportagens, Mostrando Meu Acervo, e Quem Sabe Compartilhando Algo Via Links! 

https://www.youtube.com/user/MontadorRecife/videos

Eu Sou Colecionador de CDs, DVDs e LPs, Fui Excluído do Youtube, Por Simplesmente Postar Alguns Vídeos Que Não Me Pertenciam os Direitos Autorais, Meu Canal Tinha 6.695 Seguidores, Mais de 6 Milhões de Visualizações, e Havia Sido Criado em 2007, Fiquei Triste Por Ter Perdido a Minha Conta, Pensei em Nunca Mais Participar do Youtube, e Me Afastar Dessa Rede Social, Mas Automaticamente Eu Pensei em Continuar, Criando Outra Conta, Pois Eu Não Cometi Nenhum Crime, Só Coloquei os Vídeo de Minha Coleção, Que Ripei de Meus DVDs, Que Comprei Com Meu Dinheiro, Certo Que os Direitos Não Sã Meus, Mas Compartilhar Meu Acervo Não é Crime, e Aqui Estou Novamente, Espero Consegui ao Menos Mais Seguidores!


Planet of the Apes foi uma curta série de televisão norte-americana de ficção científica que foi ao ar nas noites de sexta-feira na CBS em 1974. A série foi estrelada Roddy McDowall, Ron Harper, James Naughton, Mark Lenard e Booth Colman. Teve apenas 14 episódios e foi baseada no filme Planet of the Apes de 1968 e suas sequências, que foram inspirados no romance La Planète des Singes de Pierre Boulle. A série foi cancelada ao final de 1974 por baixa audiência e pelo alto custo de produção na época.


Eu Ainda Era um Gury, Quando Essa Série Passou no Brasil, Sou Do Tempo Em Que Agente Assistia TV Pelo Buraco das Fechaduras das Casas, de Quem Tinha Aparelho de Televisão.



Pois e Sempre Quando Tinha Várias Pessoas Cada Um Via Um Pouco do Filme, Depois Contava-se o Que Havia Visto Um Para o Outro Pra Poder Entendermos a História Que Havia Sido Vista, Por Um Buraco de Uma Fechadura... KKKkkkkk Era Muito Divertido, Depois Dali, Seguiam Seus Destinos Pra Casa, Cheio de Novidades e Alegrias...






Planet of the Apes ( Planeta dos Macacos - A série) foi uma curta série de televisão norte-americana de ficção científica que foi ao ar nas noites de sexta-feira na CBS em 1974. A série foi estrelada Roddy McDowall, Ron Harper, James Naughton, Mark Lenard e Booth Colman.




Teve apenas 14 episódios e foi baseada no filme Planet of the Apes de 1968 e suas sequências, nas quais McDowall também estrelou.



Essa Série Fez Muito Sucesso na TV Brasileira, Apesar de Ser Só 14 Episódios.



Foram Feitos Vários Filmes Direcionado Para o Planeta dos Macacos, Nos Anos 60 e 70, Retornando Depois Em 2001, e Novamente em 2011, 2014 e 2017, Ainda Vai Ser Lançado, Dizem Que Vai Ser em 14 de julho.



 

 O Planeta dos Macacos, filme de 1968


Sinopse: O planeta dos macacos 1968: O astronauta Taylor colide na aterrissagem em um planeta distante, governado por macacos que possuem uma raça primitiva de humanos para suas experiências e diversões. Taylor então se depara entre os nativos, e sua vida está nas mãos de um caridoso chimpazé cientista.
    

De Volta ao Planeta dos Macacos (br), filme de 1970

Sinopse: De volta ao planeta dos macacos 1970: Brent faz uma aterrissagem forçada atravessando a barreira do tempo, em busca do astronauta desaparecido, Taylor. A ousada missão de resgate leva-o a uma cidade subterrânea onde vivem humanos mutantes, que praticam o controle da mente e adoram uma arma capaz de destruir todo o planeta.



O Segredo do Planeta dos Macacos (pt), filme de 1970
  



Fuga do Planeta dos Macacos, filme de 1971

Sinopse: A Fuga do Planeta dos Macacos 1971:Dois símios inteligentes do futuro, Cornelius e Zira viajam à Terra dos dias de hoje. Imediatamente, eles se tornam um grande sucesso, são paparicados e tratados como celebridades até que forças superiores os forçam a fugir para defender suas vidas!




    A Conquista do Planeta dos Macacos, filme de 1972



    Sinopse: Conquista do Planeta dos Macacos 1972 :A época é o futuro próximo. Os macacos superaram os cães e gatos no papel de animais de estimação e substituíram os empregados como assistentes pessoais até que os contínuos maus tratos a que eram submetidos levam um macaco mais desenvolvido César a liderar uma espetacular revolta




Batalha pelo Planeta dos Macacos, filme de 1973


Sinopse: A Batalha do Planeta dos Macacos 1973:Passado em 2670 D.C., uma idílica sociedade de homens e macacos é ameaçada tanto por um gorila militante quanto por uma tribo de humanos mutantes. Por fim, as tensões contidas que agitam os primatas eclodem em um clímax apocalíptico. Quando a fumaça abaixa, a destruição é generalizada, mas há esperança de um novo começo para o homem e o macaco.



a série de TV com atores vivos de 1974  Planet of the Apes







a série de animação, de 1975:
De Volta ao Planeta dos Macacos



Planeta dos Macacos, filme de 2001

Sinopse: O planeta dos macacos 2001:Em 2029, Leo Davidson chega em um planeta habitado por macacos, onde os humanos são os "animais" e lutam pela sobrevivência. Mas Leo também é feito de escravo e tenta formar um grupo e iniciar uma revolução, que ameaçará o poder dos macacos. Refilmagem da obra original de 1968.






Com o Mais Novo Filme do Planeta dos Macacos Lançado em 2011, Foi Visto Que Essa Produção Acabou Com as Antigas Produções, No Bom Sentido, A Produção Atual, é a Melhor Produção de Todos os Tempos, Pois Nos Antigos, Os Macacos São de Forma Corporal Bem Humana.





Diferente do Moderno, Que Com Efeitos de Ótima Qualidade, Conseguimos
Ter Um Filme Onde Os Macacos São Exatamente Originais, Dando um Toque de
Ser Bem Verdadeiro...



 ...o Que Não Era Visto Nas Produções Antigas.



 

A Produção Atual, é Uma Tão Verdadeira,
Que Ficamos do Lado dos Macacos do Começo ao Fim



 É Simplesmente uma Super Produção.





Sem Desclassificar as Antigas.



Muita Gente Que Não Conhecia as Produções Anteriores, Quando Fora Ver,
Não Gostaram, Pois a Moderna, Realmente Fez Por Merecer.
Melhor Filme dos Planeta dos Macacos é "A origem, filme de 2011"



E Podemos Ver Ele Em Casa Mesmo, e Não Pelo Buraco das Fechaduras das Casas,
Como Eu Fiz Muito Isso Antigamente.

Sinopse de Planeta dos Macacos: A origem, filme de 2011: Acontece que César não é apenas um pouco inteligente, mas é um macaco capaz de falar, pensar e até elaborar um plano para acabar com a raça humana. O símio decide então liderar uma revolta para acabar com as experiências dos humanos. O não tão conhecido Rupert Wyatt é o diretor desse filme que promete impressionar muito. A equipe de efeitos especiais de Planeta dos Macacos: A Origem é a mesma que trabalhou no filme Avatar, portanto, podemos esperar um espetáculo visual.


 Planeta dos Macacos: A origem, filme de 2011


No Ano de 2014, Três anos depois do relançamento da franquia, com “Planeta dos Macacos: a Origem” (2011), e com um novo diretor, Matt Reeves, retoma-se a aventura que tem macacos inteligentes e falantes no seu centro. 


 Planeta dos Macacos: O Confronto, filme de 2014

Na verdade, César (Andy Serkis), o líder dos macacos que emergiu no filme de 2011, é o personagem mais rico, interessante e complexo da história, deixando muito atrás seus concorrentes humanos. Fugindo do laboratório em que era submetido a experiências, ele comandou uma fuga de macacos, com uma famosa batalha no alto da ponte Golden Gate, em San Francisco, no último filme. De lá, o grupo de símios ocupou os bosques nas proximidades.



Enquanto a humanidade era dizimada por um vírus letal, a comunidade de macacos prosperou. Agora eles são muitos, vivendo pacificamente nas montanhas perto de uma San Francisco que parece vazia, totalmente devastada. Um dia, enquanto um grupo de macacos vai à caça, encontram um humano. 


Ele vem com uma pequena expedição que busca fazer funcionar novamente a usina de energia ali próxima. O encontro não termina bem, já que o homem atemorizado atirou num dos macacos. Só não termina em morte porque César intervém bem a tempo, expulsando os homens.

Os humanos, no entanto, por mais que temam os macacos, não têm opção senão tentar voltar ali. Afinal, a pequena comunidade de sobreviventes que se agrupou em torno de uma torre precisa desesperadamente de energia, também para comunicar-se com o restante do mundo, para saber se restaram outros humanos em outros locais.



Malcolm (Jason Clarke) se voluntaria a este novo contato com os macacos, contra a vontade de Dreyfuss (Gary Oldman), que é a favor de uma expedição de guerra. É então que o filme forma seu núcleo mais interessante, baseado na possibilidade de negociação e convivência entre espécies diferentes e de interesses conflitantes.

A intenção de César de permitir o acesso dos humanos à represa e mesmo de colaborar com um pequeno grupo deles – ainda que mantendo os demais fora de seu território – cria uma divisão dentro da comunidade símia. Koba (Toby Kebbell) vai contestar a autoridade de César, criando uma alternativa mais guerreira.


O roteiro, assinado por Mark Bomback, Rick Jaffa e Amanda Silver, sustenta bem uma trama escudada em lealdade, ética, traição, ambição e confiança, numa produção que, sem dúvida, tem necessariamente que ser muito bem escorada na parte visual e sonora – seja na impressionante tecnologia de montion capture que permite total credibilidade aos macacos digitais, assim como às empolgantes sequências de batalhas. A guerra que se anuncia, mais uma vez, entre humanos e macacos neste capítulo certamente fica irresolvida para o terceiro filme, previsto para 2016, novamente com Reeves no comando.







Planeta dos Macacos: A Guerra, filme de 2017

Planeta dos Macacos: A Guerra (ou no original, War for the Planet of the Apes) é um futuro filme norte-americano de ação e ficção científica com previsão para estrear em 2017, o filme será dirigido por Matt Reeves e o roteiro será escrito por Mark Bomback e Reeves. O filme será uma sequência do filme Planeta dos Macacos: O Confronto e será distribuído pela 20th Century Fox. O filme tem confirmado em seu elenco Andy Serkis, Woody Harrelson, Steve Zahn, Gabriel Chavarria e Judy Greer.


O filme tem estreia marcada para 2017 no dia 13 de julho no Brasil e no dia 4 de julho nos Estados Unidos.

Assistam o Trailer

video
Planeta dos Macacos, A Guerra - 2017, Trailer Legendado


Bom... Que Quiser Baixar a Série Antiga,
Basta Clickar em Cada Episódio.



Planeta dos Macacos, 1794 Planet of the Apes, 
Série de Televisão Com 14 Episódios


01 - Planeta dos Macacos - A série - Fuga Do Amanhã

02 - Planeta dos Macacos - A série - Os Gladiadores

03 - Planeta dos Macacos - A série - A Armadilha

04 - Planeta dos Macacos - A série - As boas Sementes

05 - Planeta dos Macacos - A série - A Heran

06 - Planeta dos Macacos - A série - A Maré Do Amanhã

07 - Planeta dos Macacos - A série - O Cirurgião

08 - Planeta dos Macacos - A série - A Fraude

09 - Planeta dos Macacos - A série - A Corrida De Cavalos

10 - Planeta dos Macacos - A série - O Interrogatório

11 - Planeta dos Macacos - A série - O Tirano

12 - Planeta dos Macacos - A série - A Cura

13 - Planeta dos Macacos - A série - O Libertador

14 - Planeta dos Macacos - A série - O Eterno Homem Voador
As Vezes Em Casa é Muito Melhor, Basta Querer, Minha Paixão Por Filmes, Músicas e Fotos é Tão Grande Que Faz de Mim Uma Atração de Divertimentos Bem Variados, Minha Própria Mania de Ter Em Casa, Meus Filmes e Discos Diversos, Torna A Rua e Tudo Que Tem Lá Fora, Obsoleta Pra Mim.
Montador de Móveis em Recife e Grande Nordeste, Móveis Corporativos e Residencias 81 - 99999-8025 - TIM / 99166-8668 - CLARO / 98123-9507 - VIVO / 98826-9335 - Oi

Marcadores